como criar um CTA atrativo

Dicas para criar um CTA atraente e persuasivo

A sigla CTA significa Call to Action ou, em Português, Chamada para Ação. O CTA geralmente é um botão ou um link que chama o usuário para realizar uma ação. Justamente por sua importância, o CTA precisa ser estrategicamente pensado de modo a despertar a atenção do maior número possível de pessoas.

Muitas pessoas pensam que a função do CTA é apenas levar o usuário a comprar algo ou a baixar algum material, mas isso é um erro. De modo geral, um CTA é qualquer chamada que conduza o usuário a realizar uma ação, mesmo que essa ação seja seguir a empresa nas redes sociais, interagir com uma postagem, assistir a um vídeo e por aí vai.

Para construir um CTA eficiente, é necessário que o redator tenha conhecimento do público-alvo para o qual aquela isca se destina. Ao ter em mente essa informação, ele poderá fazer uma escolha de palavras que tem maiores chances de persuadir os usuários certos.

Além disso, algumas regras de linguagem também podem ajudar, por isso é importante dominar a Língua Portuguesa. A seguir, você vai conferir dicas de como criar CTAs certeiros e que terão muito mais chances de converter os usuários. Vamos lá?

Como criar um CTA?

Para criar um CTA persuasivo, o redator que está construindo a peça (seja ela uma landing page, um e-mail, um texto, etc) precisa entender que o CTA sozinho não vai despertar nenhuma reação no leitor. É o conjunto entre texto, recursos visuais e CTA que pode fazer a mágica acontecer!

Por isso, a redação que antecede o CTA precisa ser cuidadosamente construída de modo a despertar a atenção e o interesse do leitor. Entender pelo menos o básico sobre gatilhos mentais ajuda a criar textos mais persuasivos, pois eles dão uma boa noção de que tipo de tópicos e informações tendem a chamar a atenção do público.

Outra questão importante na redação que acompanha um CTA é usar dados, especialmente números! Sim, dados transmitem confiança e profissionalismo. Ao usar dados para reforçar os seus argumentos, você estará deixando o leitor mais seguro sobre acreditar no que você diz.

Por fim, escolha os maiores atrativos daquilo que é o tópico principal da sua peça e fale sobre eles de modo a mostrar o quanto eles podem ser importantes para o leitor. Despertar urgência no leitor também funciona bastante, transmitindo a sensação de que ele precisa realizar aquela ação naquele momento e não deixar para depois.

Construída essa base, é hora de colocar o CTA. Mas como criar esse CTA? Eis algumas dicas:

  1. Quando o CTA for um botão, já comece com um verbo para estimular a ação;
  2. Sempre que possível, use o verbo no modo imperativo (clique, baixe, faça, etc);
  3. Avalie sena sua estratégia cabe o uso de palavras que despertam urgência, como “Hoje” “Até amanhã”, “Só esta semana” e por aí vai;
  4. Crie frases curtas! Como dito acima, sua peça precisará de texto complementar para despertar a atenção do usuário, mas o CTA em si deve ser curto e objetivo.
  5. Posicione o CTA de maneira estratégica! Em um e-mail ou texto, o CTA geralmente é a chamada que encerra o conteúdo, levando o usuário ao próximo passo. Já em uma landing page, a posição do botão deve ser discutida em equipe, mas geralmente opta-se por ocupar um lado da tela com um título e um texto e o outro lado com um botão CTA e, muitas vezes, um breve cadastro para captação do lead;
  6. Faça testes! Assim como acontece em muitas outras ações do marketing digital, CTAs envolvem testes. Analise aqueles que trouxeram bons resultados e replique o que deu certo em projetos futuros. E sempre estudo o seu público e suas personas. Quando mais você conhecer a fundo seu público, mais assertivos tendem a ser os CTAs criados.

Tipos de CTAs mais comuns

Um CTA não é apenas um botão. Qualquer frase curta ou peça que estimule a ação e dê o caminho para um próximo passo pode ser considerada um CTA. Neste sentido, os principais tipos de CTA que temos são:

CTA em Botão

O CTA em botão costuma chamar bastante a atenção. É acompanhado de um título e geralmente de um pequeno texto que leve o público a clicar no botão. A chamada para ação em botão é acompanhado por uma frase super curta, muitas vezes apenas uma ou duas palavras e sempre um verbo. “Clique aqui”, ‘Baixe agora!” “ Aproveite a promoção!”, etc.

📌 Dica: é possível criar botões com link no próprio WordPress e colocá-los em seu conteúdo. Para isso, clique no + como se fosse adicionar uma foto ou um parágrafo e escolha a opção “Buttons“.

CTA em Banner

Um CTA em formato de banner geralmente possui um link que leva a uma landing page. Esse CTA chama a atenção visualmente e pode vir acompanhado de uma imagem e uma pequena frase, ou apenas um título. Esse tipo de peça pode ser posicionado tanto no final dos conteúdos quanto no meio deles, pois nem sempre têm relação direta com o conteúdo em si.

É por isso que CTAs de banner muitas vezes são posicionados em pontos estratégicos de sites, como na página inicial ou na coluna do canto direito da tela. Confira um exemplo de banner colocado na coluna lateral do blog do Melhor Envio, uma plataforma de logística para e-commerce:

como criar um cta em banner

Leia também: Como ganhar dinheiro com blog

CTA em link no texto

Muito usados em textos e e-mails, os CTAs em link são mais simples e fáceis de usar. Por não contarem com recursos visuais para chamar a atenção dos usuários, essas chamadas para ação dependem muito da criatividade do redator em construir textos persuasivos para esses links.

Nesses casos, vale a dica de usar verbos no imperativo, pois eles costumam ser mais eficientes em levar o usuário a realizar a ação, ou seja, clicar no link.

Por exemplo:

Clique aqui e confira 14 dicas incríveis de bancos de imagens gratuitos que selecionamos para você!

Viu só como criar um CTA eficiente não é tão difícil? Basta se atentar às questões discutidas acima e as chances de suas chamadas para ação serem um sucesso são muito maiores!
Siga o Plugar Ideias no Instagram!

Deixe uma resposta