Qual e o valor do MEI

Qual é o valor do MEI em 2021?

Você sabe qual é o valor do MEI em 2021 e como gerar as guias de pagamentos? Descubra a seguir!

MEI (microempreendedor Individual) é a maneira mais simples e rápida de abrir uma empresa no Brasil. Direcionado a microempreendedores e prestadores de serviço, o regime MEI é muito usado por profissionais de marketing, design e publicidade como forma de ter uma empresa e emitir nota por serviços prestados.

Todo profissional que possui um MEI aberto deve pagar uma contribuição mensal emitida em guia única. Essa guia já contempla todos os impostos que o MEI deve pagar, além da contribuição ao INSS no valor de um salário mínimo.

Esse é o único imposto que o MEI deve pagar, visto que a emissão de notas para essa modalidade empresarial é gratuita. Mas, qual o valor do MEI em 2021? Veja a seguir!

Qual o valor do MEI 2021 por mês?

O valor do MEI é calculado com base em uma taxa fixa acrescido de um montante que é calculado de acordo com a categoria na qual o MEI foi aberto e registrado. Sendo assim, o valor do MEI em 2021 é o seguinte: 

Categoria do MEICusto fixo INSS (R$)ICMS/ISS (R$)Total (R$)
Comércio e Indústria (inclui ICMS)55,001,0056,00
Serviços (inclui ISS)55,005,0060,00
Comércio e Serviços (inclui ICMS e ISS)55,006,0061,00

Pagando a guia mensal do MEI, o microempreendedor estará contribuindo ao INSS no valor de um salário mínimo, que em 2021 equivale a R$ 1.100,00 (mil e cem reais).

Como emitir a guia de pagamento do MEI?

A emissão da guia de pagamento mensal com o valor do MEI 2021 é feita exclusivamente pelo site do governo. Basta clicar em Pagamento da Contribuição Mensal, Boleto de Pagamento e em seguida digitar o CNPJ do seu MEI.

Após logado, você deve informar o ano em que quer gerar a guia de pagamento. Em seguida escolha o mês da guia e clique em visualizar/imprimir.

Nesse mesmo lugar é possível gerar guias atrasadas. Neste caso, o valor será recalculado com multas por cada dia de atraso e o valor do MEI vai aumentar. Portanto, se programe para pagar o MEI antes do vencimento e evitar a dor de cabeça de ter que pagar taxas extras.

A guia do MEI deve ser paga mensalmente independentemente do empreendedor estar ou não atuando na área. Caso ele não trabalhe mais como MEI e queria deixar de pagar a contribuição mensal, deverá acessar o site do governo e solicitar a baixa do MEI.

Atenção pois a baixa só será concluída quando todas as guias de arrecadação atrasadas forem quitadas.

O valor do MEI inclui todos os impostos mais o INSS em uma única guia de pagamentos. (foto: Unsplash)
O valor do MEI inclui todos os impostos mais o INSS em uma única guia de pagamentos. (foto: Unsplash)

Como ativar o débito automático MEI?

Caso prefira, você pode configurar a opção débito automático no site do MEI. Dessa maneira, a guia de contribuição mensal com o valor do MEI será paga automaticamente via débito em conta. 

A ativação do débito automático é feita na mesma página onde é gerada a guia de arrecadação mensal. Clique em Pagamento da Contribuição Mensal e em seguida Débito Automático.

Para dar continuidade ao processo, o MEI precisará gerar um código de acesso ou usar um certificado digital.

A opção débito automático está disponível para usuários que tiverem conta nos seguintes bancos:

  • 001 – Banco do Brasil S/A
  • 003 – Banco da Amazônia S/A
  • 008 – Banco Santander (Brasil) S/A
  • 021 – Banco Banestes S/A
  • 041 – Banco do Estado do Rio Grande do Sul S/A
  • 070 – Banco de Brasília S/A
  • 104 – Caixa Econômica Federal
  • 237 – Banco Bradesco S/A
  • 389 – Banco Mercantil do Brasil S/A
  • 748 – Banco Cooperativo Sicredi S/A
  • 756 – Banco Cooperativo do Brasil S/A

Para aqueles que querem mais praticidade e não querem correr o risco de atrasar nenhuma guia com o valor do MEI, a opção débito automático pode ser muito interessante.

Leia também:

Deixe uma resposta