Pokémon Go bate USS 1 bilhão em receita só em 2020

O mercado esperava que, por causa da Pandemia de Covid-19, o jogo Pokémon Go sofresse um significativo baque tanto no número de jogadores quanto na receita. Mas dados divulgados essa semana pela consultoria Sensor Tower mostram que a realidade foi bastante diferente e o jogo seguiu crescendo e faturando apesar do isolamento.

De acordo com a Sensor Tower, Pokémon Go faturou US$ 1 bilhão em receita nos dez primeiros meses de 2020. Isso equivale a algo em torno de R$ 5,6 bilhões na cotação atual. A seguir você vai conferir mais detalhes sobre a pesquisa.

Pokémon Go tem o melhor ano de sua história

Lançado em 2016, Pokémon Go é um jogo desenvolvido pela Niantic para smartphones. Seu grande diferencial é a interatividade. Nele, o jogador precisa sair pela cidade em busca de capturar pokémons. O jogo mistura sua interface digital com a realidade do ambiente, por meio do uso da câmera do aparelho.

No ano de lançamento, Pokémon Go foi um fenômeno e faturou US$ 800 milhões. Esse número se manteve praticamente estável nos anos seguintes. Em 2020, por causa do isolamento social e das restrições quanto a mobilidade, esperava-se uma queda acentuada no número de usuários e, consequentemente, no faturamento. 

Mas o que aconteceu foi justamente o contrário: o jogo bateu recorde de faturamento e manteve sua base de jogadores. Dentre as explicações possíveis, acredita-se que com mais tempo em casa, as pessoas passaram a dar mais atenção ao jogo – mesmo com restrições de locomoção.

Leia também: Among Us supera 100 milhões de downloads

Pokémon Go vem apresentando altas constantes ano após ano desde 2018.
Pokémon Go vem apresentando altas constantes ano após ano desde 2018.

O jogo é gratuito, qualquer pessoa com memória no celular pode baixá-lo. As fontes de receita do game vêm tanto da veiculação de publicidade quanto da loja virtual do app, onde os jogadores podem comprar coins e obter vantagens no jogo.

Ainda de acordo com a Sensor Tower, 53,4% do faturamento do jogo veio de aparelhos Android e 46,6% veio de aparelhos IOS. No total, desde o lançamento o jogo já faturou cerca de US$ 2,2 bilhões via Google Play (Android) e US$ 1,9 bilhão via Apple Store (IOS).

Adaptações por conta da pandemia

 Desde que foi lançado em 2016, Pokémon Go já foi baixado quase 600 milhões de vezes em todo o mundo, sendo 78% em aparelhos Android e 22% em celulares IOS. No Brasil, cerca de 65,2 milhões de usuários fizeram download do game.

A premissa do game é que os jogadores saiam por aí “caçando” pokémons. Mas, por conta do isolamento social de afetou praticamente o mundo inteiro esse ano, os desenvolvedores precisaram adaptar o jogo quase inteiro para que ele pudesse ser jogado em curtas distâncias, sem que o jogador precisasse furar o isolamento apenas para sair por aí procurando pokémons.

As mudanças foram bem recebidas e os dados da Sensor Tower refletem como a rapidez na adaptação ajudou Pokémon Go a bater recorde de receita mesmo em um ano que tinha tudo para ser cruel para o game.

Deixe uma resposta