13 Perguntas e respostas sobre o Pix - a revolução em transações bancárias

13 Perguntas e respostas sobre o Pix – a revolução em transações bancárias

Nos últimos dias você deve ter ouvido falar sobre o Pix, a nova solução desenvolvida pelo Banco Central e que promete substituir outras maneiras de realizar transferências bancárias como o TED e o DOC.

Mais de 3,5 milhões de chaves pix já foram cadastradas no primeiro dia! Muitas dúvidas surgiram, por isso reunimos todas as informações que já sabemos sobre o Pix abaixo.

O Pix promete facilitar tanto a realização de transferências bancárias quanto os pagamentos via QR Code.
O Pix promete facilitar tanto a realização de transferências bancárias quanto os pagamentos via QR Code.
1 – O que é o Pix?

Pix é um novo jeito de realizar transferências bancárias. É revolucionário pois a transferência pode ser realizada 24h por dia e sete dias por semana. O dinheiro cai na conta do beneficiado em até 10 segundos após a efetivação da transferência. A tecnologia foi desenvolvida pelo Banco Central, mas são os bancos e instituições financeiras os responsáveis pelo cadastro dos clientes.

2 – Como posso me cadastrar no Pix?

O cadastro no Pix está sendo realizado pelos bancos e pelas instituições financeiras (fintechs, startups, etc). São eles quem entrarão em contato com os clientes para realizar o cadastro.

3 – Como é o cadastro do Pix?

O Pix não é uma conta bancária, mas sim uma nova funcionalidade que poderá ser adicionada a contas já existentes. Para ativá-lo, você precisará criar um cadastro junto a seu banco. Os próprios bancos e instituições financeiras são responsáveis por cadastrar seus clientes. Ao se cadastrar no Pix, você precisará criar uma chave pix – um conjunto de caracteres que identificará seu cadastro e facilitará as transferências. Você pode, por exemplo, cadastrar seu CPF como sendo sua chave Pix. Dessa maneira, toda vez que você for receber uma transferência, ao invés de fornecer seus dados bancários, basta dizer ao emissor: “pode realizar essa transferência via Pix para o número XXXXXX”.

4 – O que é a chave Pix?

Chave Pix é um conjunto de caracteres que identifica seu cadastro. Você poderá realizar transferências informando apenas sua chave Pix, sem a necessidade de informar dados bancários e dados pessoais. Você pode cadastrar seu CPF e até seu celular como sendo sua chave Pix.

5 – Quantas chaves Pix posso cadastrar?

Você pode cadastrar até 5 chaves Pix. Se tiver contas em três bancos, pode cadastrar uma em cada banco. Você não pode cadastrar a mesma chave Pix em diferentes bancos, pois isso geraria conflito de dados.

6 – A aprovação do cadastro no Pix é imediata?

Não. Uma vez realizado o cadastro, os dados são enviados ao Banco Central que fica responsável por checá-los e ativar sua chave Pix. Quando o processo é concluído, o BC notifica o banco que, por sua vez, notifica o cliente.

7 – Quais as vantagens do Pix?

O Pix é muito mais vantajoso do que o TED e o DOC pois poderá ser realizado todos os dias da semana e em qualquer horário. O dinheiro cai em até 10 segundos após a efetivação da transferência. O melhor de tudo isso é que o Pix é totalmente gratuito!

8 – O Pix é gratuito?

Sim, o Pix é totalmente gratuito para pessoas físicas! Isso é possível porque o Banco Central reduziu a quase zero o valor que os bancos precisam repassar referente a cada transferência. Dessa maneira, os bancos não precisarão cobrar taxas dos clientes.

9 – O Pix é gratuito para empresas?

Não. O Pix não é gratuito para empresas, pelo menos não em tese. O Banco Central proibiu a cobrança para pessoas físicas mas permitiu que os bancos estipulem suas taxas de cobrança para pessoas jurídicas. Vai de cada banco cobrar ou não taxa das empresas.

10 – Quando o Pix estará disponível?

O cadastro do Pix começou a ser realizado dia 5 de outubro. O Pix estará em pleno funcionamento à partir do dia 16 de novembro.

11 – Qual o limite de valor das transferências com o Pix?

O Banco Central não estipulou limites para transferências via Pix. Ele deixou esse limite a cargo de cada banco e instituição financeira. Consulte seu banco para saber sobre os limites de transferência da sua conta.

12 – Pix faz transferência internacional?

Não. O Pix só poderá ser usado para transferências bancárias nacionais.

13 – É possível pagar com o Pix via QR Code?

Sim! Cada conta terá um QR Code. Para os lojistas será um grande benefício. Eles podem deixar o QR Code em uma região visível e os consumidores podem pagar usando a câmera de seus celulares. O dinheiro cai na hora e não há cobrança pela transferência. É um modelo parecido com o que o Mercado Pago já implantou há um tempo.

Viu só como o Pix é vantajoso? Entre em contato com sua instituição financeira e se informe sobre como cadastrar sua conta no Pix. 

Leia também: Como ganhar dinheiro com podcast? Confira 5 dicas!

Deixe uma resposta