Google Career Certificate: Google lança certificação de 6 meses com peso de curso universitário

Google Career Certificate: conheça as certificações do Google com peso de curso universitário

O Google sabe que o profissional moderno busca, cada vez mais, capacitação de qualidade e rapidez. Pensando nisso, o gigante americano anunciou que está lançando sua própria universidade. A novidade promete capacitar profissionais através de cursos intensivos de alto nível e com duração de cerca de 6 meses.

O programa Google Career Certificate (Certificado de Carreira do Google) promete que, além de mais rápido, também será mais barato do que cursos tradicionais oferecidos por universidades. Os detalhes dessa novidade você confere a seguir.

O que é o Google Career Certificate

O Certificado de Carreira do Google é um programa criado pelo Google que oferecerá cursos intensivos, com profissionais renomados e grade curricular robusta, para serem feitos em seis meses. 

Lançada primeiramente nos Estados Unidos, a novidade pretende capacitar profissionais em áreas de tecnologia, marketing, comunicação, design e gestão. Os dois primeiros programas e certificação do Google são em TI e já estão disponíveis:

  • IT Support (Suporte de TI)
  • IT Automation with Python (Automação de TI usando Python)

Já nos próximos meses, mais três programas serão oferecidos:

  • Data Analyst (Analista de Dados)
  • Project Manager (Gerente de Projetos)
  • UX Designer 

Sem delongas, o objetivo do Google é claro: mostrar que é possível capacitar profissionais modernos para atuarem nessas áreas em apenas seis meses de imersão. O programa está gerando bastante discussão – especialmente dentre os defensores da graduação tradicional de quatro anos. 

Dada a importância do Google e sua reconhecida reputação de excelência em tecnologia e inovação, se a empresa realmente investir nesse novo tipo de formação, a tendência é que o mercado todo se adapte a isso e muitas outras mudanças podem surgir.

Kent Walker, vice-presidente sênior de assuntos globais do Google, explica que “até mesmo nas contratações internas à partir de agora, trataremos esses novos certificados de carreira como o equivalente a um diploma de quatro anos para as funções relacionadas [aos certificados]”.

Leia também: 10 sites para você fazer curso de marketing digital de graça e online

O Certificado de Carreira Google é online e pode ser acessado a qualquer momento, de qualquer lugar.
O Certificado de Carreira Google é online e pode ser acessado a qualquer momento, de qualquer lugar.

Quem poderá obter o Certificado de Carreira do Google?

O Certificado de Carreira do Google é um curso totalmente online. Foi desenvolvido pelos profissionais do Google e, para colocar os cursos no ar, o Google usa a plataforma Coursera – que já existe no Brasil.

Brasileiros podem se inscrever nos cursos em inglês, mas aqueles que não dominam o idioma terão dificuldade de acompanhar as aulas. Espera-se que, em breve, o Google redesenhe todos os programas e adapte-os às línguas de cada país. Por hora, apenas o programa de Suporte de TI está disponível no Coursera brasileiro e em Português.

Não há exigência de idade mínima, escolaridade mínima e nem tempo mínimo de experiência profissional para realizar os cursos e obter a certificação de carreira do Google – mais uma quebra de barreiras do Google em relação às universidades tradicionais.

Quanto custa o Certificado de Carreira do Google?

De acordo com o Search Engine Journal, os cursos do Google custam USD 49 por mês (algo em torno de R$260). A cobrança é mensal e pode se estender pelo tempo que você demorar para obter a certificação.

Isso significa que, embora os cursos tenham sido desenhados para serem concluídos em seis meses, você pode se estender por mais um tempo – desde que continue pagando a mensalidade.

Ao final do curso, o aluno recebe um certificado de profissional capacitado pelo Google, o que tem um peso considerável no currículo.

Sundar Pichai, SEO do Google, celebrou a iniciativa dizendo que ela “ajudará os americanos a obter qualificações em áreas de trabalho de alto crescimento e alto pagamento, juntamente com 100.000 bolsas de estudo para profissionais de baixa-renda – sem necessidade de diploma universitário”.

Siga o Plugar Ideias no Instagram e receba conteúdo diário sobre marketing, tecnologia, criatividade e muito mais!

Deixe uma resposta