Como fazer o mapeamento de palavras-chave usando ferramentas da internet

Como fazer o mapeamento de palavras-chave?

Em toda estratégia de SEO, o mapeamento das palavras-chave e dos termos importantes para seu negócio é a base do trabalho. Por meio deste mapeamento, você fortalecerá sua estratégia de SEO por ter a segurança de que está focando nas palavras certas.

Mas como realizar esse mapeamento e quais ferramentas poderão ajudar nesse processo? Vamos falar sobre esses e outros assuntos a seguir.

O que é o mapeamento de palavras-chave?

Chamamos de mapeamento de palavras-chave o trabalho de pesquisa de palavras e termos que têm relação com o foco de seu negócio e que se transformarão em temas de pautas para a produção de conteúdo durante o próximo período.

A periodicidade do mapeamento de palavras-chave varia de acordo com o tipo de negócio e o tipo de estratégia adotada. Sites que trabalham com conteúdo “quente” (notícias, boletins,etc) precisarão executar o trabalho com uma periodicidade muito maior do que sites focados em conteúdo frio (artigos gerais, análises, resenhas, etc).

Como fazer o mapeamento de palavras-chave? 

O primeiro passo é definir quais serão os temas a ser explorados no próximo período. Por exemplo: para o calendário de conteúdos de junho, o foco da primeira semana semana será redes sociais, da segunda semana será dicas para o blog, e assim por diante.

Com os temas definidos, é hora de realizar o mapeamento das palavras-chave que têm relação semântica com aquele assunto. Essa busca é feita com o auxílio de algumas ferramentas, das quais falaremos já já.

Para que o mapeamento seja efetivo, é importante levar em consideração fatores como:

  • relevância da palavra-chave
  • nível de dificuldade de ranquear
  • concorrência daquela palavra
  • Possibilidade de inovar no conteúdo para aquela palavra-chave

Quando o tema do período for definido e as palavras forem encontradas, é hora de montar as pautas. Nesse momento, você pode tentar criar pautas mais genéricas, para competir com mais sites, ou pautas mais elaboradas, para competir com menos sites. Tudo dependerá da sua estratégia e do quão importante é para o seu negócio ranquear bem aquela palavra ou termo.

Você pode fazer o seu mapeamento de palavras-chave usando ferramentas gratuitas que estão disponíveis na web.
Você pode fazer o seu mapeamento de palavras-chave usando ferramentas gratuitas que estão disponíveis na web.

Ferramentas para definição de palavras-chave

Você certamente não vai definir as palavras-chave e seu grau de importância na base do achismo. Para esse trabalho, existem ferramentas pagas e gratuitas que tornarão o seu trabalho muito mais eficiente. Vamos conhecer cinco delas:

SemRush

O SemRush é uma ferramenta paga de definição de palavras e termos-chave. É a mais completa do mercado e permite que você pesquise palavras-chave, seu grau de dificuldade, volume de buscas, além de sites que melhor ranquearam aquela palavra. Além disso, a ferramenta oferece sugestões de palavras-chave parecidas e alternativas de temas dentro daquele campo semântico. 

UberSuggest

Se você ainda não tem orçamento para investir em uma ferramenta paga, o UberSuggest já vai te ajudar bastante. Trata-se de uma ferramenta gratuita desenvolvida pelo mestre do SEO Neil Patel. O Ubersuggest não é tão completo quanto o SemRush mas fornece dados importantes como volume de buscas das palavras chave e nível de dificuldade. Em estratégia mais avançadas de SEO, profissionais costumam usar tanto o SemRush quanto o UberSuggest para realizar um mapeamento mais eficiente. 

O Ubersuggest é uma ferramenta gratuita que pode ajudar bastante na busca e mapeamento de  palavras-chave.
O Ubersuggest é uma ferramenta gratuita que pode ajudar bastante na busca e mapeamento de palavras-chave.

Google Trends

O Google Trends é uma ferramenta gratuita do Google que mostra em tempo real o que as pessoas mais estão buscando no Google ao redor do mundo. Por meio dele, você digita o termo e pode filtrar os resultados por país e por período (dias, meses, anos). É uma ferramenta muito bacana para você identificar se o termo tem picos de sazonalidade de buscas, se ele está em alta ou tendência de alta e em qual época será melhor trabalhar aquele termo. O Google Trends é muito útil em complemento ao SemRush e ao UberSuggest.

Trends Twitter

Se você trabalha com conteúdo quente, vale muito a pena ficar de olho nos trends do Twitter. Trata-se de uma lista com os 30 termos mais comentados do momento pelos usuários da rede. Essa lista pode ser filtrada por cidade, estado e até país. Para quem produz conteúdo imediatista, ficar de olho nos trends do twitter pode trazer boas ideias de pauta. 

Barra de pesquisa do Google

Antes de todas essas ferramentas de pesquisa de palavras-chave, uma das maneiras mais usadas por profissionais de SEO para descobrir palavras-chave importantes era se atentar à barra de pesquisa do Google. Isso porque, ao digitar uma palavra, a barra complementa com as sugestões mais procuradas para aquela palavra ou termo. Vale a pena ficar de olho nisso especialmente para obter ideias de pautas que estão em alta.

Dicas extras

Em SEO, nem sempre focar na palavra mais buscada é uma boa ideia/ Isso porque, quanto mais buscada é aquela palavra, mais difícil tende a ser a disputa por boas posições no buscador.

É claro que existem alguns termos que são essenciais para o negócio. Nesses casos não tem jeito, é preciso tentar ranqueá-los. Mas, sempre que possível, avalie se não vale mais a pena focar em termos menos populares mas que tem menos concorrência do que termos bombados e muito difíceis de competir.

Ao elaborar sua estratégia e começar o trabalho de mapeamento e definição de pautas, leve isso em consideração. Sempre que possível, dose as duas realidades: conteúdos com termos mais populares e conteúdos com termos mais específicos. Esse, aliás, é um conselho que vai de encontro aos princípios do Inbound Marketing.

Espero que esse artigo tenha te ajudado a entender como se dá o trabalho de mapeamento de palavras-chave. Agora tire um tempo para conhecer as ferramentas citadas acima e mãos a obra!

Siga o Plugar Ideias no Instagram. Lá você confere dicas e informações diárias sobre marketing e criatividade. 

2 comentários sobre “Como fazer o mapeamento de palavras-chave?

Deixe uma resposta