Você sabe o que são mapas mentais e como eles são feitos? Vamos entender.

O que são mapas mentais e como fazer um?

Universidade, trabalho, cursos extras, livros, séries… vivemos em uma sociedade que nos oferece cada vez mais fontes de informação e entretenimento. A consequência direta disso é que nosso cérebro não consegue armazenar tanta coisa e, além de não guardar informações que poderiam ser importantes, ele acaba se sentindo sobrecarregado e contribuindo para a incidência cada vez maior dos chamados bloqueios criativos.

Uma das maneiras de ajudar o cérebro a liberar criatividade, organizar melhor as informações essenciais e fixar aquilo que realmente é importante é por meio da criação dos chamados mindmaps, ou, mapas mentais. Você sabe o que são mapas mentais e como eles são feitos? Vamos entender.

O que são mapas mentais

Mapas mentais são diagramas feitos em papel ou virtualmente e que tem a principal função de organizar informações. Eles são muito úteis para ajudar o cérebro a aumentar seu potencial criativo, ajudando profissionais a acabar com os chamados bloqueios criativos.

A organização de ideias em diagramas é uma técnica antiga da psicologia, sendo adotada por diversos pensadores. Mas o conceito de mapas mentais como conhecemos hoje é atribuído ao psicólogo britânico Tony Buzan que, além de criar um modelo de diagrama, estudou a eficácia desse tipo de mapa desde 1974. Buzan se tornou referência mundial no assunto, escrevendo diversos livros sobre mapas mentais, incluindo “O Poder da Inteligência”, “Mapas Mentais” e  “Dominando a Técnica dos Mapas Mentais”.

O modelo inicial de mapa mental proposto por Buzan era feito em papel. Mas com o avanço da tecnologia surgiram diversos programas virtuais que auxiliam na criação desses mapas. O próprio Buzan lançou um deles, o iMindMap – que mudou de nome e se chama Ayoa.

Exemplo de mapa mental feito a mão. Neste caso, o mapa foi desenhado para destrinchar os possíveis significados de um termo-chave.
Exemplo de mapa mental feito a mão. Mapas mentais são uma ferramenta muito usada em empresas como forma de organizar ideias e gerar novos insights.

Para que serve o mapa mental de Tony Buzan?

O que o mapa mental criado por Buzan tem de diferente de outros mapas conceito usados há décadas? Podemos destacar duas diferenças consideráveis:

  • Primeiro, o mapa mental proposto por Buzan foca em apenas 1 termo central e, a partir dele, se enraízam novas ideias. Já os mapas conceito tradicionais abrangem diversos termos que se correlacionam;
  • Segundo, o mapa mental de Buzan tem como focos o desenvolvimento da criatividade e o incentivo ao brainstorm. Apesar disso, o modelo proposto pelo psicólogo se mostrou muito eficiente para ajudar a fixar ideias, sendo atualmente usado para todas essas finalidades.

Mas como fazer um mapa mental eficiente? Vamos lá!

Como criar um mapa mental?

O primeiro passo para criar mapas mentais é decidir pelo tipo de estrutura que será usada: papel ou digital. Se optar pelo papel, separe folha, post-its e canetas coloridas. Se optar pelo digital, você precisará encontrar uma plataforma específica para mapas mentais. Além do Ayoa (citado anteriormente), há diversas outras opções gratuitas como o Coggle e o MindNone.

Para quem trabalha em equipe, usar ferramentas digitais de criação de mapas mentais pode ser mais interessante pois elas permitem a colaboração conjunta de diversos profissionais ao mesmo tempo. Apesar disso, é recomendado que apenas uma pessoa realize as anotações na construção do mapa para evitar que o trabalho final fique confuso.

Antes de começar, você precisa ter em mente qual é objetivo por trás daquele mapa mental que será criado. Por exemplo: encontrar o nome ideal para um novo produto, descobrir o slogan ideal para uma campanha, analisar os pormenores de uma marca já existente e por aí vai.

Lembra que dissemos que a base do mapa mental de Buzan é a centralização em um termo chave? Pois então, no centro da folha ou da tela você deverá escrever o termo chave que dará origem a seu mapa mental.

A partir daí, deverá traçar linhas conectadas ao quadrado central. Cada linha deve ter apenas uma palavra ou conceito que tem relação com aquele termo central. Neste momento não se preocupe em ser explicativo.

Exemplo de como fazer um mapa mental digital
Neste exemplo, desenvolvemos um mapa mental usando a ferramenta gratuita Coggle. A ideia central desse mapa era desenhar uma campanha de dia das mães.

Após definir os termos que se conectam diretamente a seu termo central, é hora de puxar mais linhas a partir de cada termo, dessa vez para acrescentar informações importantes sobre esse termo. A ideia aqui é a de que já que você definiu as palavras que têm relação direta com seu termo. É hora de analisar a viabilidade delas.

Exemplo de como fazer um mapa mental digital
Não existe um número cravado de quantas ramificações deve ter um mapa mental. Tudo depende do projeto e da quantidade de ideias levantadas.

Importante: use diferentes cores para deixar seu mapa mental visualmente agradável. Se souber desenhar, pode incluir ilustrações. Se estiver usando uma ferramenta digital, a inclusão de imagens e vídeos é uma tarefa simples e rápida. 

Um mapa mental pode se estender por diversas “raízes” até que a pessoa ou a equipe decidam que já foi extraído tudo o que precisava ser extraído. Ao finalizar o trabalho, analise o que foi produzido e coloque os insights em um relatório.

Exemplo de como fazer um mapa mental digital
Tão importante quanto criar o mapa mental é gerar um relatório sobre o que foi criado. É importante que esse texto seja escrito assim que a produção do mapa terminar, para garantir que os insights serão devidamente registrados.

À medida que você incluir a utilização de mapas mentais em sua rotina e na rotina de sua equipe vai perceber que eles vão se tornando mais completos e gerando cada vez mais insights bacanas. É uma ferramenta simples mas que pode ajudar, e muito, pessoas a explorarem melhor o potencial de sua bagagem e sua criatividade.

3 comentários sobre “O que são mapas mentais e como fazer um?

Deixe uma resposta